Nota Oficial – Atendimento estabelecimentos de Saúde

A Prefeitura Municipal de São Francisco, através da Secretaria Municipal de Saúde, vem a público esclarecer que em novembro de 2018, o Programa Mais Médicos, do Governo Federal, teve uma baixa de aproximadamente 8.500 (oito mil e quinhentos) profissionais com o retorno dos médicos cubanos ao país de origem. E, até a presente data, estima-se que milhares dessas vagas foram preenchidas por médicos de outros programas, como os da ESF, por exemplo.

Esclarecemos, também, que mais de 150 (cento e cinquenta) médicos, somente da microrregião de Januária, saíram para cursar especialização em Residência Médica nos municípios de Montes Claros, Belo Horizonte, Uberaba e  outros.

No período de novembro de 2018 a abril de 2019, perdemos 09 (nove) médicos para os programas acima citados, que atendiam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e também no Hospital Dr. Brício de Castro Dourado.

Dessa forma, São Francisco e mais os 25 (vinte e cinco) municípios da microrregião da GRS-Januária vêm encontrando dificuldades para contratar outros profissionais para as vagas em aberto.

Somada a essa situação temos, ainda, a prevalência e incidência de novos casos de dengue afetando a saúde de nossa população. O que tem ocasionado o aumento significado de procura por atendimento médico em nosso hospital.

Assim, orientamos nossa população, que antes de procurar atendimento médico diretamente no hospital, dirija-se até a Unidade Básica de Saúde do seu bairro (sua referência) para o primeiro atendimento e, se necessário, será encaminhado para atendimento hospitalar.

A Secretaria Municipal de Saúde comunica que está tomando todas as medidas possíveis para a contratação de novos médicos e  resolver esta situação o mais breve possível.

São Francisco, abril de 2019.

Renato Carlos César, Secretário Municipal de Saúde.

Comentar esta publicação