Prefeito

prefeitoLuíz Rocha Neto, conhecido popularmente como Luizinho, iniciou suas atividades políticas em 1993, quando se candidatou a vereador representando o PMDB de São Francisco, saiu vitorioso exercendo o seu primeiro mandato no período de 1993 a 1996.

A origem política de Luizinho, iniciou na sua juventude, acompanhando o seu pai, Sebastião Rocha, que foi vereador por diversos mandatos, representando a Comunidade da Vila Morro.

De personalidade forte, Sebastião Rocha, tornou-se um grande líder do município, devido a sua visão empreendedora e futurista, contrária a dos políticos locais da época. No entanto sofreu grandes perseguições políticas, o que o fez ser um grande líder do Morro, que transformou aquele pequeno lugar em referência de uma pequena cidade. Neste clima de grande luta política, foi que Luizinho foi criado, sendo companheiro número um do pai, assistia e aprendia a ser um grande líder.

Luíz Rocha Neto é casado, com Marizeth Ramos Paraíso Rocha e tem quatro filhas, Laura, Júlia, Marília e Luiza.

Em 1996 foi reeleito vereador pelo PMDB, para o mandato de 1997 a 2000, onde pela sua boa atuação parlamentar foi eleito Presidente da Câmara, se destacando pelos projetos de desenvolvimento do município.

No ano de 2000, novamente é reeleito como vereador para o mandato no período de 2001 a 2004.

A luta de Luizinho, pelo desenvolvimento do município é marcada por grandes polêmicas, uma vez que seu espírito empreendedor apresentava mudanças que iam contra interesses políticos, mas mesmo assim, exercia suas ações junto ao Governo Federal e Estadual, na aprovação de projetos de interesse do municí

Foi reeleito Presidente da Câmara, no ano de 2002, onde exerceu um mandato participativo, voltado, sobretudo para melhoria de vida da população mais carente do município.

É reeleito em 2004, para cumprir mandato de vereador no período de 2005 a 2008, sendo um dos vereadores mais votados do município, o que o credenciou novamente como Presidente da Câmara, sendo reconhecido pelos colegas vereadores, como um parlamentar municipal de visão ampla, que lutava pelo desenvolvimento de São Francisco.

Os trabalhos dele como Presidente da Câmara tiveram uma repercussão tão boa no município, que no ano seguinte a própria Câmara Municipal o reconduziu para mais um mandato (2006) como Presidente daquela casa.

O ano de 2005 foi um ano marcado por várias conquistas administrativas, além de Presidente da Câmara Municipal de São Francisco, foi eleito Presidente da AVANS-Associação dos Vereadores da Área Mineira da Sudene, que reúne 93 municípios e 980 vereadores, para o período de 2005 e 2006.

Luiz Rocha aproveitou a oportunidade como Presidente da AVANS para levar a voz de São Francisco a todo Estado de Minas Gerais. Sempre em seus discursos, em suas entrevistas iniciava contando a beleza de São Francisco, a importância estratégica do município, a necessidade de se criar uma descentralização de Montes Claros, defendendo, sobretudo o fortalecimento das micro regiões, que deveriam ser referência a nível estadual de bons produtos que proporcionassem a atração de novos investidores.

No ano de 2008, a sua popularidade foi tão grande no município que foi convidado para ser o vice-prefeito, na chapa do Padre José Antonio. Por acreditar que estava preparado para galgar mais um passo na sua trajetória política, enfrentou este desafio e foi eleito vice-Prefeito.

No início do mandato como vice-prefeito, teve algumas dificuldades com o grupo do ex Prefeito, que o isolou das decisões tomadas perante o município. Mesmo assim não parou a sua luta, continuou lutando pelos recursos a nível estadual e federal, transformando-os em Projetos para o município, e mesmo sem o apoio do Prefeito, contribuiu para grandes conquistas de São Francisco.

Destacamos entre elas a vinda do Programa da Petrobras, através da assistência técnica destinada a agricultura familiar, que colocou a COOPASF dentro do Programa de Produção de Oleaginosas, retornando o município a Pólo do Programa de Biodiesel, onde na década 1970 São Francisco tinha sido referência nacional.

Em 11/2010 tão logo assumiu o cargo como Prefeito, aprovou a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, que irá fortalecer a economia do município, fazendo com que a partir do exemplo da Prefeitura, que dará maior oportunidade ao comércio local, outros órgãos governamentais venham a fazer o mesmo.